Mineração segura. Mais mineração, mineração correta.
01/07/2015
Agricultura avança e exige fortalecimento das empresas rurais
01/07/2015
Exibir tudo

Volvo Construction Equipment Latin America Registra seu terceiro melhor ano da Historia

A Volvo Construction Equipment registrou em 2012 o terceiro melhor ano de sua história no continente. “Foi um bom ano. O mercado confirmou nossa expectativa de crescimento”, declara Afrânio Chueire, presidente da Volvo Construction Equipment Latin America Sales Region. “Foi, também, o terceiro ano consecutivo de vendas acima de quatro mil unidades na América Latina”, complementa o executivo.

Sediada em Curitiba, no Paraná, e com fábrica em Pederneiras, interior de São Paulo, a Volvo comercializou um total de 4244 equipamentos de construção no ano passado em toda a região. As exportações de máquinas da marca para os demais países da América Latina atingiram 1380 unidades no período. O Brasil representou 67% das vendas, com 2864 máquinas comercializadas no período.

O setor de construção continua como o grande impulsionador dos negócios da companhia no Brasil. Sessenta por cento das vendas da Volvo no mercado doméstico em 2012 estiveram relacionados à construção. Do total de máquinas vendidas para este setor, 77% foram para a construção geral, 10% para obras de infraestrutura pesada e 11% para construção rodoviária. “Há muito potencial de crescimento na área de construção”, destaca o executivo. O segmento de locação também foi um grande comprador de máquinas na marca ao longo do ano passado.

Um fato marcante para a Volvo foi a expansão de cerca de 160% nas vendas de caminhões articulados na América Latina, atingindo a marca de 242 unidades vendidas no período, 149 máquinas a mais que no ano anterior, um aumento bastante superior ao registrado pelo mercado, que cresceu 58% neste segmento. As vendas de retroescavadeiras Volvo também cresceram bastante, atingindo uma evolução de 22%, passando de 403 equipamentos em 2011 para 491 no ano passado.

Volvo Construction Equipment produzirá retroescavadeiras no Brasil

A Volvo Construction Equipment decidiu produzir retroescavadeiras no Brasil. A companhia está transferindo a linha de produção da fábrica de Tultitlán, na região metropolitana da Cidade do México, para Pederneiras, interior de São Paulo, onde a Volvo tem uma unidade fabril que já produz outros modelos de equipamentos. “A partir desta fábrica vamos produzir as retroescavadeiras para abastecer o Brasil, todos os demais países da América Latina, os Estados Unidos, o Canadá e alguns outros mercados”, declara Afrânio Chueire, presidente da Volvo Construction Equipment Latin America Sales Region.

Inicialmente estão sendo investidos cerca de US$ 10 milhões apenas na transferência da linha. Com a mudança, apenas o Brasil e a Polônia terão fábricas destas máquinas da marca. Em Pederneiras serão produzidos os modelos de retroescavadeiras BL60B e BL70B, as mais consumidas nos mercados atendidos pela Volvo nas Américas Latina e do Norte.

A transferência da fábrica para o Brasil trará muitos benefícios ao Brasil. “A começar pela oportunidade de oferta de financiamentos por intermédio do Finame, linha de recursos do BNDES voltada para bens de produção que tem juros baixos e prazos longos”, diz o presidente. Outras vantagens são a redução do prazo de entrega dos equipamentos e ganhos logísticos. “E, internamente, dinamizaremos a produção e teremos ganhos de eficiência por conta da escala”, complementa.

A localização do conteúdo começará com a produção de componentes importantes da retroescavadeira, como a lança, os braços, as estruturas e a cabine. A fabricação em Pederneiras será feita de forma progressiva ao longo deste ano.

As retroescavadeiras representam quase um terço do total das vendas anuais de equipamentos de construção no Brasil. “Com a produção local pretendemos ganhar participação no segmento. É mais um passo na estratégia de expansão da marca. Uma presença forte em retroescavadeiras também contribui para reforçar nosso portfólio junto a clientes que conhecem a marca, mas que ainda não tiveram oportunidade de comprar e experimentar os produtos Volvo, conhecidos por seu baixo consumo de combustível, grande disponibilidade e alta tecnologia”, comenta o executivo.

Volvo Construction Equipment investe na produção de escavadeiras SDLG no Brasil

A Volvo Construction Equipment está investindo na produção de escavadeiras da marca SDLG no Brasil. Além disso, está sendo criada a SDLG América Latina, que comercializará estes equipamentos no País. O valor inicial do investimento é de US$ 10 milhões.

A produção das escavadeiras da marca SDLG será em Pederneiras, interior de São Paulo, onde está sendo construída uma nova área fabril, no mesmo terreno em que são produzidos as máquinas e equipamentos da Volvo. A estrutura da SDLG, no entanto, será totalmente separada da existente para os produtos Volvo, com identificação e padrões próprios da marca.

“A decisão de instalar a fábrica da SDLG no mesmo terreno onde já são produzidos os equipamentos da Volvo foi para aproveitar a sinergia e a expertise oferecida pela estrutura fabril já existente, o que dará mais velocidade ao projeto no mercado brasileiro e latino-americano”, explica Afrânio Chueire, presidente da Volvo Construction Equipment Latin America Sales Region.

Há quatro anos no Brasil, a SDLG alcançou a liderança no mercado de equipamentos de construção com tecnologia simplificada. Outro motivo que levou à decisão de produzir escavadeiras SDLG é que a demanda por equipamentos de construção que não necessitam de alto grau de tecnologia embarcada está em expansão no Brasil e em toda a América Latina.

O início da produção das escavadeiras está previsto para o segundo semestre deste ano. Serão fabricados quatro modelos de escavadeiras de esteira SDLG: LG6150E, LG6210E, LG6225E e LG6250E, cobrindo as classes de peso entre 13,8 toneladas e 24,3 toneladas.

A produção das escavadeiras no País vai aumentar a competitividade da marca ainda mais, já que será possível reduzir os prazos de entrega e oferecer melhores condições de financiamento. A SDLG continuará a operar como uma marca independente, com sua própria organização, identificação, rede de distribuição, força de vendas e estrutura técnica.

A SDLG é uma das marcas do Grupo Volvo. A SDLG América Latina, com sede no Brasil, fornecerá suporte às operações da marca, seus clientes e distribuidores em todo o continente.

Volvo lança carregadeira L250G, uma nova classe de equipamentos

A Volvo Construction Equipment está lançando no Brasil a carregadeira L250G, única do mercado na categoria de 35 toneladas. Com este lançamento a marca inaugura uma nova classe de equipamentos. “Mantemos nossa posição de inovar para atender às necessidades dos nossos clientes. A L250G é uma máquina robusta, destinada a trabalhos severos. É um produto de alta tecnologia que, assim como os outros equipamentos da Volvo, tem como proposta oferecer maior rentabilidade, confiabilidade, segurança e menos emissão de poluentes”, afirma Afrânio Chueire, presidente da Volvo Construction Equipment Latin America Sales Region.

A L250G é mais um produto da linha de carregadeiras Volvo e está posicionada entre a L220G e a L350F, modelos já reconhecidos no mercado por sua produtividade, desempenho, robustez e confiabilidade.

A nova carregadeira tem peso operacional de 35 toneladas e o mesmo design arrojado e as vantagens tecnológicas dos demais modelos da série G da Volvo, porém com um diferencial. Foi desenvolvida especialmente para o trabalho com caçamba. Equipada com cinemática de barra em Z, possui elevada força de desagregação e alta capacidade de carga.

“Este diferencial é particularmente importante para trabalhar com materiais de difícil escavação, no carregamento de caminhões no pé-de-rocha, em minerações e pedreiras, ou no carregamento e transporte para alimentar diretamente o britador”, explica Boris Sanchez, gerente de engenharia de vendas da Volvo Construction Equipment Latin América.

A elevada força de desagregação da L250G reduz os tempos de ciclo, o que promove alta produtividade com a mesma eficiência em consumo de combustível que as outras carregadeiras da série G. Um dos itens que contribui para a redução do consumo é a transmissão automatizada Volvo Automatic Power Shift (APS). Com quatro modos de trabalho selecionáveis, o APS resulta em ciclos de trabalho mais eficientes com menor consumo de combustível e menor desgaste geral.

Outro diferencial das carregadeiras Volvo que contribui para a redução de consumo é o sistema Optishift, que combina o conversor de torque com lock up e a funçãoReverse-by-Braking (RBB), exclusiva da marca, que permite que ao reverter o sentido o pedal do acelerador funcione como freio de serviço. Com isso, é possível realizar a inversão do sentido de direção de forma mais suave e o trabalho de encher a caçamba e carregar o caminhão utilizando apenas o pedal do acelerador. “Além de reduzir o consumo de combustível, este sistema aumenta ao conforto do operador”, informa Masashi Fujiyama, engenheiro de vendas da Volvo Construction Equipment Latin America.

Cabine

Assim como as outras carregadeiras, a L250G vem equipada com a última geração da cabine “Care Cab” da Volvo. Com certificado ROPS/FOPS, é espaçosa e permite ampla visibilidade em todas as direções, garantindo segurança à operação. Além disso, os controles ao alcance das mãos e um ambiente climatizado oferecem conforto ao operador, garantindo sua produtividade ao longo do turno de trabalho. As carregadeiras têm ainda como item opcional um sistema de direção e troca de marcha por joystickchamado de Controle de Direção por Alavanca (Comfort Drive Control) que elimina movimentos cansativos para o operador, melhorando a produtividade em tarefas de ciclo curto.

Volvo lança novos modelos de escavadeiras: mais potentes, versáteis e econômicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat